Notícia


02.03.2017

DEVOPS NA PRÁTICA

Apresentar e capacitar os alunos nas práticas mais inovadoras existentes relacionadas a DevOps, que utilizando ferramentas para automatizar todo o processo de desenvolvimento e operação de software, permite o desenvolvimento com mais qualidade em menos tempo. Este curso é uma visão global de todos os conceitos envolvidos em DevOps.

Ementa

Leia mais



02.03.2017

GERENCIAMENTO DE PROJETOS UTILIZANDO AGILIDADE

Preparar profissional de TI utilizar a metodologia Scrum no desenvolvimento ágil de softwares.

Ementa
Trata-se do curso de capacitação para Gerenciamento de Projetos utilizando Agilidade (SCRUM, KANBAN, SCRUMBAN) e interpretando Modelos e Certificações (ISOs, CMMi, MPS e Certics).

Púbico Alvo
Analistas de Sistemas e outros profissionais da área de TI.

Instrutor
Analia Irigoyen 

Leia mais



20.02.2017

A RIOSOFT REALIZOU MUITO EM 2016

O ano de 2016 foi um período desafiador, no entanto, a Riosoft esteve junto às empresas realizando diversas atividades para auxiliá-las a atravessar esse momento turbulento. Foram promovidos encontros temáticos empresariais, articulação de negócios, sessões de mentoria, e a realização do mais completo evento de TI e Negócios do País, o Rio Info.  O resultado positivo desse conjunto de ações evidencia o compromisso da Riosoft em fomentar o desenvolvimento da TI no Rio de Janeiro. 

Dentre as realizações do último ano, duas iniciativas merecem destaque: O Programa de Mentoria e o SeloTech.Voltado não só para empresas de TI, mas também de outros segmentos, o Programa de Mentoria da Riosoft possui um corpo de mentores brasileiros e internacionais, com vasta experiência no mercado, preparados para orientar o empresário a como encurtar o caminho para o sucesso. O programa oferece sessões individuais e coletivas, formação de conselho e outras soluções, em sua maioria, sem custo.

Já o Selo.Tech é uma iniciativa que visa destacar paro o mercado as empresas  comprometidas com a qualidade, responsabilidade socioambiental e excelência em todos os processos, produtos e serviços prestados. Dessa forma essas organizações ostentam uma creditação que as torna ainda mais competitivas pelo comprometimento com esses valores.

GRUPOS TEMÁTICOS - Para atender de forma direcionada os interesses das empresas de TI do Rio de Janeiro, a Riosoft criou diversos grupos temáticos. Essa é uma prática já adotada pela instituição, no entanto, em 2016 essa iniciativa foi ampliada e hoje conta com dez segmentos: Rio TI Serviços; Rio TI Esportes; Rio+Soft; Mundo 3.0, Grupo Games; LegalTechs; Grupo IoT; e-Commerce; Internacionalização; e o mais recente de todos, o Grupo Fintech, que tem a participação de empresários e investidores buscando conhecer mais sobre o universo da tecnologia financeira e  articular novos negócios.

RIO INFO - Realizado anualmente, em 2016 o evento chegou a 14ª edição. Foram cerca de 2000 participantes entre representantes do poder público, acadêmicos, empresários e investidores nacionais e internacionais, além de mais de 200 palestrantes que debateram os temas mais relevantes sobre a atualidade e o futuro da tecnologia da informação. As reuniões empresariais que ocorreram durante o evento resultaram em oportunidades de negócios na faixa de cinco milhões de reais. A edição de 2017 acontecerá entre os dias 25 e 27 de setembro, no Centro de Convenções Sulamérica, no Rio de Janeiro.

E falando em Rio Info, 2016 também trouxe outra grande novidade. Pela Primeira vez o evento ganhou uma edição voltada a promover o debate, inovação e negócios na região serrana fluminense. Participaram do Rio Info Petrópolis mais de 150 pessoas, de 11 cidades do Estado.

INTERNACIONALIZAÇÃO - A Riosoft também possui um programa permanente que auxilia empresas brasileiras a internacionalizarem seus produtos e serviços. Através da Aceleradora do Atlântico, que é resultado de uma parceria entre entidades de fomento de diversos países, os empresários brasileiros recebem o auxílio necessário para conquistar o mercado internacional.

Nesse sentido, a Riosoft mantém relações estreitas com representantes de organizações e investidores internacionais que buscam novos negócios e parcerias no Brasil. No ano passado a Riosoft recebeu delegações do Canadá, Noruega, Bélgica, EUA e Portugal.

Curta nossa página do Facebook e se inscreva no nosso canal no YouTube para ficar sempre atualizado sobre as atividades realizados pela Riosoft.  Assista o vídeo abaixo e veja tudo o que realizamos em 2016.

Leia mais



31.01.2017

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO

A Riosoft torna público que promoverá credenciamento das empresas interessadas em prestar serviços de organização, implementação e treinamento para o Projeto “ PROGRAMA DE FORTALECIMENTO EMPRESARIAL PARA MPES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO” no período entre 1 de FEVEREIRO de 2017 a 10 de FEVEREIRO de 2017, para constituir o CADASTRO DE PRESTADORES DE SERVIÇOS, mediante o fornecimento de profissionais. Clique aqui e para obter o o edital ou ligue para (21) 3974-5004.

Integram o presente Edital os seguintes anexos:
Anexo I – Informações Cadastrais da Pessoa Jurídica.
Anexo II – Minuta do Contrato a ser firmado pela RIOSOFT e asparticipantes selecionadas.
Anexo III – Formulário para Currículo Padrão dos Consultores.  

Leia mais



16.11.2016

UCP SEDIA A RIO INFO PETRÓPOLIS 2016 NA SEMANA DE ENGENHARIA E COMPUTAÇÃO

Em destaque na semana de Engenharia e Computação, a Universidade Católica de Petrópolis (UCP) sediou, nesta quinta-feira (20), a Rio Info 2016, pela primeira vez no interior do Rio de Janeiro.

A Rio Info é o maior evento de tecnologia da Informação do estado do Rio de Janeiro e um dos maiores do país, que busca oportunidades relacionadas aos novo desenvolvimento científico-tecnológico, além de oportunidades de negócios, intensificando o processo de criação das empresas em conhecimento, que tem em seus produtos e serviços alto valor científico-tecnológico agregado. O público-alvo são empresários, estudantes e profissionais de Computação, Engenharia, Matemática e interessados em inovação, empreendedorismo e tecnologia da informação.

O interior do estado do Rio de Janeiro possui um enorme potencial para o desenvolvimento científico-tecnológico e empresarial. Petrópolis, Três Rios e Teresópolis concentram centros de pesquisa, universidades, faculdades e grandes empresas nas áreas industrial e de tecnologia. Com isso, o Rio Info Petrópolis 2016 integrou o empresariado de Tecnologia da Informação com a Academia do interior do estado.

O comitê organizador do evento foi composto por Alberto Blois, Rio Info/Riosoft/TI Rio – Sindicato de Empresas de Informática do Rio de Janeiro, Giovane Quadrelli, Diretor do Centro de Engenharia e Computação da UCP, Fabio Licht, Vice-Diretor do Centro de Engenharia e Computação da UCP, Marcio Campos, DAIE/FAETEC – Fundação de Apoio à Escola Técnica e CM – Programa Ciência em Movimento da TV Rede Petrópolis, Fabio Porto e Adolfo Simões,  LNCC – Laboratório Nacional de Computação Científica, Paulo Cezar Andrade, SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Alex Jacobs, Sócio Fundador da OBR e Diretor Executivo da ABRAII – Associação Brasileira de Empresas Aceleradoras de Inovação e Investimento e Sandro Gatto,  ASSESPRO – Associação de Empresas de Serviços de Processamento de Dados.

Após o credenciamento às 08h30, a Rio Info 2016 seguiu com a sua vasta programação. A palestra de abertura ficou por conta do ex-aluno do mestrado da UCP, Álvaro R. Barros, com os temas voltados para a Inteligência Artificial, comércio eletrônico e o desenvolvimento tecnológico local. Na sua apresentação, Álvaro Barros falou da sua experiência como ex-aluno de mestrado da UCP e de como aplicou seus conhecimentos em empreendimentos de base em tecnologia da informação e em comércio eletrônico. "A Rio Info em Petrópolis foi um evento acadêmico/empresarial de altíssimo nível, contando com palestrantes e mesas de debate de excelente qualidade. Ao fim do dia, voltei para casa com preciosos contatos, informações e ideias. Espero que ocorram mais eventos no mesmo patamar. A UCP e os organizadores do evento superaram minhas expectativas que já eram altas. ” - Disse Álvaro.

Em sequência, ocorreram quatro mesas: Make Up, StartUp, WarmUp e SpeedUp, que que percorreu todo o ciclo de iniciativas, afirmação, aceleração e de desenvolvimento de uma empresa intensiva em conhecimento.

Na mesa de Make-up e makers, foi discutida a inovação e o empreendedorismo intensivo em conhecimentos que requerem a atitude de fazer, de errar e de aprender continuamente. A mesa foi composta por Marcos Castro, com o projeto Agua, Carla Teixeira, Cid Barcellos e Rita de Cássia, com o projeto de Automação Residencial. Também participaram nesse momento, Ana Lúcia Guimarães, Professora e palestrante da UNIFAETEC/FAETEC e especialista em Gestão Empreendedora em Educação e Tales Gomes, apresentando a Plataforma Saúde. A mediação foi de Cristiane Santos, Coordenadora de IOT da Riosoft.

Logo após o almoço, foi aberta a Mesa WarmUp, com o tema “Iniciativas empreendedoras com Ciência e Tecnologia”, onde debateram sobre Petrópolis e as cidades do interior do estado do Rio de Janeiro no processo de criação e de inovação desta nova economia. A mesa destacou as iniciativas das Universidades do interior do estado e de Petrópolis e debateu sobre os problemas e oportunidades. Compuseram a mesa WarmUp, Jose Fernandes, projeto mesa DMX, Rio Soft
EEE-UCP, Grupo IEEE da UCP, José Roberto Andrade e Leonardo Jasmim, com o projeto VigDengue, UNIFESO, Cristiane Lime, projeto Localização de objetos em ambientes fechados, Rio Soft. A mediação foi feita por Fabio Licht, Vice-Diretor do Centro de Engenharia e Computação da UCP. “O resultado do evento foi a divulgação da cidade tecnológica e entregar para os nossos alunos informações sobre o que o profissional deve estar preparado no mercado. Esta troca de experiências é muito importante, pois alguns alunos ainda ficam perdidos. Sabem o que querem fazer, definiram seus cursos, mas não sabem como atuar no mercado. Colocar a Rio Info na semana de Engenharia e Computação da UCP é um sonho realizado. Já tivemos oportunidade de participar no Rio, capital, mas sediar na nossa cidade, na nossa Universidade é muito gratificante. Esperamos fazer da Rio Info parte do nosso calendário anual de eventos de TI. ” – Afirmou Fábio Licht, já em planejamento para a Rio Info Petrópolis 2017.

A última mesa aberta foi a SpeedUp, com o tema “Empresas intensivas em conhecimento e a academia”, com a discussão sobre o alavancamento de empresas intensivas em conhecimento e suas barreiras, seja pela questão do financiamento, da criação de um ambiente de inovação, de iniciativas públicas de apoio, entre outras. As apresentações foram de Fabio Porto, Pesquisador LNCC, Paulo Cesar Andrade, Coordenador de Base Tecnológica do Sebrae/RJ, Giovane Quadrelli, Diretor do Centro de Engenharia e Computação da UCP, Gilvan de Azevedo, OMS Consultores. A mediação foi de Alex Jacobs, Sócio Fundador da OBR e Diretor Executivo da ABRAII, Associação Brasileira de Empresas Aceleradoras de Inovação e Investimento.

a esquerda para direita, Fabio Licht, Vice-Diretor do Centro de Engenharia e Computação da UCP, Alberto Blois, Rio Info/Riosoft/TI Rio – Sindicato de Empresas de Informática do Rio de Janeiro, Marcio Campos, DAIE/FAETEC – Fundação de Apoio à Escola Técnica  e CM – Programa Ciência em Movimento da TV Rede Petrópolis, Leila Moura, CM – Programa Ciência em Movimento da TV Rede Petrópolis, Giovane Quadrelli, Diretor do Centro de Engenharia e Computação da UCP, Benito Pazet, Presidente do Sindicato das Empresas de Informática do Rio de Janeiro e Regina Máximo, Pró-reitora Acadêmica da UCP.

Leia mais



09.11.2016

DÁ PRA FAZER COM ARDUÍNO?

A pergunta que dá título essa matéria é um questionamento recorrente entre os interessados pela robótica que projetam protótipos com a plataforma Arduíno.  Os membros dessa crescente comunidade não são apenas profissionais da área, trata-se de um universo em que habitam muitos jovens makers que também desenvolvem os mais diferentes tipos de projetos. Para fomentar o desenvolvimento  desse segmento, a Riosoft promove o grupo temático IoT – Internet das Coisas –, do qual projetos foram temas de painéis durante o Rio Info Petrópolis.

Imagine uma casa onde  tudo pode ser controlado remotamente via internet, cujo o sistema emiti um alerta para o aparelho celular caso ocorra vazamento de gás. Ou então um sistema que analisa, a partir de uma abordagem de diversas áreas do conhecimento, uma série de dados sobre a água, podendo gerar lucro e promover a sustentabilidade.  A Domótica e o Monitoramento da Água são exemplos de dois projetos que amadureceram nos encontros coordenados pela mestre em matemática aplicada, Cristiane Santos, que tiveram destaque durante o evento. “A automação residencial é um projeto que nasceu dentro do grupo, já o da Água chegou até nós em andamento, mas desenvolveu muito ao longo do tempo.  A beleza disso é que temos universitários, membros de órgãos públicos, empresários, todos somando seus conhecimentos que resultam em projetos relevantes para sociedade como um todo”, afirmou.

Cristiane foi a mediadora da mesa na qual, além desses, foram apresentados  projetos de monitoramento de pessoas com aplicação na saúde pública e sobre importância do EAD (ensino a distância) na formação de pessoas para essa nova realidade na qual a tecnologia ganha cada vez mais espaço no cotidiano.  “O Rio Info ter subido a serra foi maravilhoso, pois começa a explorar mais o Estado do Rio como um todo. Trazer para cá tudo o que estamos desenvolvendo foi muito bom não só pela troca de experiências, mas pelos novos contatos que criamos com outros projetos”, ressaltou.

Apoio a pesquisa e desenvolvimento - Quanto se trata de desenvolver novos projetos muitas vezes o que falta ao pesquisador ou empreendedor é o apoio. E por esse motivo o encontro contou com a presença de diversas organizações de fomento que tiveram a oportunidade apresentar programas de incentivo e conversar com interessados.   Uma das entidades que estavam presentes durante o Rio Info Petrópolis, foi o INMETRO, que de acordo com a assessora da Diretoria de Metrologia Científica e Tecnologia do órgão, Thayná Souza, possui um setor desconhecido por muitos empresários. “O Inmetro é parceiros das empresas no estímulo a competitividade. Muitas empresas nos conhecem na questão da qualidade que é concedida aos produtos brasileiros, no entanto, desconhecem o ramo que investe em pesquisa e desenvolvimento. Temos uma equipe de especialistas de todas as áreas possíveis do conhecimento, que vai da mecânica clássica à nanotecnologia,  que pode apoiar as empresas. Por isso é tão importante estarmo em eventos como esse para mostrar que temos um braço para apoiar as empresas”,  explicou a assessora ao falar da relevância da presença do Inmetro no Rio Info Petrópolis. 

Grupos temáticos - Além do IoT, a Riosoft também possui outros grupos temáticos: Games; TI Serviços; TI Esportes; Rio+Soft e o mais recente, Fintechs, criado para a mapear e repercutir as oportunidades do crescente segmento da tecnologia financeira no Brasil, e o próximo encontro será no dia 22/11, das 09:30 às 13 na Riosoft. Clique aqui e saiba como participar. Envie um e-mail para inscricoes@riosoft.org.br  para saber com fazer  parte de um dos grupos temáticos promovidos pela Riosoft.

Leia mais



09.11.2016

MENTORIA: FERRAMENTA FUNDAMENTAL PARA O DESENVOLVIMENTO DAS EMPRESAS

Fazer um projeto acontecer no mercado não se trata apenas de ser uma boa ideia.  O sucesso de uma startup depende também de uma boa apresentação, de bom setor de vendas, de uma estratégia de marketing, etc. Ou seja, depende de conhecimentos que muitas vezes não fazem parte do currículo de muitos empreendedores. E justamente por essa razão a mentoria empresarial tem se tornado uma ferramenta cada vez mais  procurada por esses novos empresários.

Durante a realização do Rio Info Petrópolis, um dos painéis abordou o tema “Aceleração de Empresas”, no qual foi tratado, dentre outros assuntos, a importância do mentor para o desenvolvimento do negócio.  Fábio Porto, fundador da DBS2, empresa especialista em análise de Big Data, encubada no Laboratório Nacional de Computação Científica – LNCC, em Petrópolis, desenvolveu um sistema que monitora do desempenho de atletas de alto desempenho. O SAHA - Sistema para acompanhamento holístico de atletas -   chegou a ser utilizado pelo Comitê Olímpico Nacional, no entanto, encontrar o mercado para essa solução tem sido um desafio para Fábio, que atua no meio acadêmico há mais de 25 anos. “O que é preciso fazer para transformar esse produto em algo que seja interessante para o mercado? Eu não sou um vendedor, eu sou um técnico,  então a gente precisa da mentoria que nos ajude ou até nos ensine  como fazer”, afirmou. 

PARCERIAS - Um dos pontos fortes do Rio Info é sempre colocar os diferentes atores da cadeia produtiva tecnológica no mesmo espaço, e na edição de Petrópolis não foi diferente. Além da presença de entidades de fomento, investidores e empresários também estavam no encontro em busca de parcerias. Fato esse que foi destacado por Fábio Porto. “Há coisas que não precisamos fazer, podemos desenvolver parcerias que façam isso pra nós com benefício de todos. O Rio Info foi o primeiro evento nesse sentido aqui em Petrópolis em que pude encontrar pessoas interessadas nessa parceria”.

A Riosoft, uma das organizações que realizou o evento, possui um programa de mentoria voltado não só para empresas nascentes, mas também, para as que já alcançaram um grau de maturidade. O corpo de mentores é formado por empreendedores nacionais e internacionais com anos de experiência e sucesso no mercado de TI. A iniciativa é voltada a fomentar o desenvolvimento da TI do Estado do Rio e em quase sua totalidade é sem custo para o empresário que deseja participar. “Nosso Programa de Mentoria tem a missão de encurtar o caminho das empresas para o sucesso . Portanto, contem com a Riosoft e com a experiência dos nossos mentores para alavancar o desenvolvimento do seu negócio”, ressaltou Alberto Blois, diretor da Riosoft e coordenador geral do Rio Info, durante o encerramento do encontro.

 Acesse o site da Riosoft e saiba mais sobre o Programa de Mentoria e como fazer parte dessa iniciativa. 

Leia mais



09.11.2016

RIOSOFT REALIZA SEGUNDO ENCONTRO SOBRE FINTCHs

 A Riosoft realizará o segundo encontro para abordar as principais oportunidades do crescente segmento fintech. As fintechs são empresas que usam da tecnologia e da internet para oferecer serviços financeiros mais ágeis e geralmente mais baratos que as instituições financeiras tradicionais.

De acordo com o Goldman Sachs, um dos maiores grupos financeiros do mundo, essas empresas já disputam receitas de US$ 4,7 trilhões no mercado mundial. No Brasil esse é um seguimento nascente e a Riosoft quer colocar as empresas de TI do Rio de Janeiro na ponta desce crescimento, aproveitando as oportunidades de negócios que as fintechs oferecem.

PREPARE – SE PARA UMA NOVA FASE DA TECNOLOGIA FINANCEIRA!
VAGAS LIMITADAS 


Veja como foi o primeiro encontro:

Leia mais



31.10.2016

O RIO INFO PETRÓPOLIS REÚNE PARTICIPANTES DE 11 CIDADES DO ESTADO

O Rio Info, que acontece anualmente há 14 anos no Rio de Janeiro, pela primeira teve uma edição dedicada exclusivamente a fomentar o debate e o desenvolvimento das empresas de TI da Região Serrana do Estado. O Rio Info Petrópolis aconteceu no dia 20 de outubro, no campus do Relógio das Flores da Universidade Católica de Petrópolis (UCP) e teve a participação de mais de 150 inscritos de mais de 11 cidades do interior. 

Organizado pela RIOSOFT, TI RIO, em parceria com a UCP, com apoio de diversas entidades, a primeira edição do encontro recebeu empresários, acadêmicos, investidores  e muitos estudantes, sendo considerado um marco para o setor de TI na região. Segundo o  presidente do TI RIO, Benito Paret, o Rio Info Petrópolis é uma iniciativa que deve ser encarada como um espaço  de convergência de interesses. “Eu acredito firmemente que essa primeira edição do Rio Info motivará mobilização e a unidade dos empresários e de membros da academia. Ano que vem estaremos colhendo os frutos desse trabalho”, afirmou.

A realização de  um Rio Info voltado à região serrana não é necessariamente uma ideia recente. Durante a abertura, Alberto Blois, diretor executivo da RIOSOFT e coordenador Geral do RIO INFO, declarou que esse era um desejo antigo, mas que somente agora foi possível tirar do papel, ele também agradeceu o apoio dos envolvidos na realização dessa iniciativa.   “Muito obrigado por apoiarem e proporcionarem estarmos realizando esse evento. E isso é o mais importante: Estamos realizando o Rio Indo Petrópolis”, enfatizou Blois que acrescentou, “Esse é o começo de um projeto que acontece em Petrópolis, mas tem uma abrangência para todas cidades dessa região. 

REGIÃO SERRANA POLO DE TECNOLOGIA - O interior do estado do Rio de Janeiro possui um enorme potencial para o desenvolvimento científico-tecnológico e empresarial. Petrópolis, Três Rios e Teresópolis concentram centros de pesquisa, universidades e grandes empresas nas áreas industrial e de tecnologia.  Apesar disso, a região não está na rota dos grandes eventos de Tecnologia e a dificuldade em reter talentos é um desafio. “Temos diversas universidades colocando profissionais capacitados no mercado a cada ano. Se conseguirmos reter esse profissional aqui as empresas TI que abrirem em Petrópolis poderão contar com essa mão de obra. Com a chegada do Rio Info, creio que esse cenário melhorará bastante”, afirmou o diretor do e-commerce Pequenostravessos.com, Álvaro Barros.

Veja como foi o RIO INFO Petrópolis:

Leia mais



25.10.2016

RIOSOFT REALIZA ENCONTRO SOBRE FINTECH

Fintech é um segmento que vem crescendo no mundo todo, o nome é uma abreviação de Financial Technology (tecnologia financeira). São empresas que oferecem serviços financeiros com as facilidades da tecnologia e da internet. Estima-se que  já disputam receitas de US$ 4,7 trilhões no mercado mundial.  A RIOSOFT realizou um encontro com startups, acadêmicos e investidores para mapear as oportunidades oriundas desse segmento.

As fintechs estão nos primeiros passos no Brasil, ganham cada vez mais espaço no mercado nacional.  Para de debater esse formato, a Riosoft realizou um encontro com startups e representantes de instituições que querem compreender melhor esse segmento, e claro, se preparar para as oportunidades de negócios.

Veja como foi o encontro:

Leia mais



19.10.2016

PRÊMIO MUSIC TRENDS - RIOSOFT DE INOVAÇÃO

Neste tempo de grandes desafios, existe um imenso mercado, quase desconhecido, para as empresas de software do RJ: a Economia Criativa. Só no campo da música, existem no país cerca de 2000 escritórios de agenciamento de artistas, 350 gravadoras de médio e grande portes, diversas agências de marketing digital, cada uma com inúmeros clientes. Todas essas empresas estão muito carentes de soluções de TI!
A Riosoft está lançando com apoio do TI Rio e em parceria com a Conferência Music Trends Brasil, um prêmio para ideias inovadoras para este mercado . Vai ser durante a conferência que ocorrerá de 9 a 11 de novembro, no Rio. Traga suas ideias e propostas. Pense grande.

Clique aqui e saiba mais.

Para se inscrever clique aqui e preencha o formulário.  

Leia mais



13.10.2016

RIOSOFT PARTICIPA DA XI SEMANA DO IME

O Instituto de Matemática e Estatística (IME) da UERJ completa 50 anos. E para celebrar a data a instituição realizará a XI Semana do IME.

Minicursos, oficinas, palestras, maratona de programação, sessões de painéis dos alunos de graduação e de pós-graduação e uma Exposição em colaboração com o Museu Espaço Ciência Viva, fazem parte da densa programação evento.

E tem mais...

No primeiro dia do encontro, em parceria com a RIOSOFT e TI RIO, será realizada uma Rodada de Negócios  no qual  serão  reunidas seis empresas do setor de TI e seis grupos de pesquisa do IME UERJ. Além disso, Será  disponibilizado um espaço para as empresas divulgarem material promocional aos alunos do IME.

As empresas da base TIRIO  e RIOSOFT  também podem inscrever funcionários para participarem das atividades!

Clique aqui e veja a programação completa do evento!

XI Semana do IME
Data: 17 a 20 de outubro
Local: Rua São Francisco Xavier, 524, Maracanã,
Inscrições: No site do evento 
Outras informações: 3974 5015 

Leia mais



05.10.2016

BAIDU CRIA FUNDO DE R$ 193 MILHÕES PARA STARTUPS BRASILEIRAS

A multinacional chinesa de tecnologia Baidu anunciou nesta terça (27/9) a criação de um fundo de investimentos com capital inicial de US$ 60 milhões (cerca de R$ 193,8 milhões) voltado para startups brasileiras.


Além de recursos financeiros, a companhia quer oferecer às empresas tecnologia, experiência internacional, recursos de tráfego mobile e a possibilidade de explorar mercados fora do país, principalmente na Ásia. “O mercado não precisa de mais dinheiro, mas de uma nova visão”, disse Yan Di, diretor-geral da Baidu no Brasil, em encontro com jornalistas na sede da empresa em São Paulo.

O executivo avalia que as startups brasileiras “fecharam os olhos” para o mercado de tecnologia asiático, especialmente o chinês. “Os Estados Unidos dividem o mercado de internet com a China”, afirma. “Ao avaliar os dez maiores sites do mundo, quatro são chineses. Temos muito a ensinar para o mundo.”

Esse é o primeiro fundo de investimento da marca em um mercado emergente além da China. Batizado de Easterly Ventures, ele é voltado para startups que já passaram do estágio inicial, ou seja, já desenvolveram um produto ou solução, definiram o modelo de negócios e conquistaram uma base de usuários.
Segundo a empresa, há a possibilidade de dobrar o investimento caso a experiência se mostre positiva.

Em atividade no Brasil desde 2013, a Baidu adquiriu, em outubro de 2014, o site de compras coletivas Peixe Urbano. Segundo os chineses, a plataforma cresceu 100% desde a aquisição. O resultado, segundo o executivo, inspirou a marca a criar o Easterly Ventures.

Ainda que a crise econômica ainda permaneça no Brasil, a Baidu espera uma mudança no médio prazo. “Os ativos brasileiros estão mais baratos no momento, estamos acompanhando a recuperação e eles irão se valorizar”, diz o diretor. “Não vemos razão para que o país não se recupere e por isso decidimos investir.”

No radar do fundo de investimento estarão startups focadas em serviços e conteúdo. “Não dá para competir nas áreas de tráfego e busca, setores liderados por Facebook e Google, respectivamente”, afirma Di. “Entretanto, só o brasileiro tem o entendimento e a flexibilidade necessários para oferecer serviços e conteúdo que sejam bem recebidos pelo público daqui.”
Duas empresas já foram selecionadas para receber aportes financeiros e serão anunciadas ainda neste semestre. Startups brasileiras interessadas em entrar em contato com o fundo devem acessar este site.

FONTE: Revista PEGN
TEXTO: Luan Flavio Freires

Leia mais



03.10.2016

NVIDIA APRESENTA OPORTUNIDADES PARA EMPRESÁRIOS NA RIOSOFT

O mercado de Inteligência Artificial possui em torno de 5 trilhões de dólares disponíveis, é o que estima o gerente da linha Enterprise da NVIDIA na América Latina, Marcio Aguiar. A afirmação foi feita durante o encontro promovido pela RIOSOFT entre a empresa líder mundial em tecnologia de computação visual e empresários. 

Marcio Aguiar apresentou o atual cenário desse segmento e também  as principais oportunidades de negócio junto a NVIDIA. “Esse foi um primeiro de muitos encontros que teremos. Esperamos que com os avanços que estamos trazendo para indústria, consigamos colocar todas as empresas ligadas à RIOSOFT no mesmo patamar que as grandes empresas internacionais", disse. 

Leia mais



03.10.2016

VEM AÍ RIO INFO PETRÓPOLIS

A RIOSOFT, o TI Rio (Sindicato das Empresas de Informática do Rio de Janeiro), a UCP (Universidade Católica de Petrópolis) , organizam o Rio Info Petrópolis. O evento procura catalizar oportunidades relacionadas aos novos desenvolvimentos científicos e tecnológicos e oportunidades de negócio, intensificando o processo de criação de empresas intensivas em conhecimento,  que tem em seus produtos e serviços alto valor científico-tecnológico agregado.

O interior do estado do Rio de Janeiro possui um enorme potencial para o desenvolvimento científico-tecnológico e empresarial. Petrópolis, Três Rios e Teresópolis concentram centros de pesquisa, universidades, faculdades e grandes empresas nas áreas industrial e de tecnologia. Desta forma, o Rio Info Petrópolis visa ser um evento integrador do empresariado de Tecnologia da Informação com a Academia do interior do estado.

O encontro é voltado a empresários, candidatos a empresários, estudantes e profissionais de Computação, Engenharia, Matemática e interessados em inovação, empreendedorismo e tecnologia da informação.

A realização do Rio Info Petrópolis e conta com o apoio do LNCC,ASSESPRO, ABRAII, OBR, DBS2,  SEBRAE, da DAIE/UNIFAETEC/FAETEC e do Programa Ciência em Movimento.

O encontro acontecerá nos dias 19 e 20 de outubro, na UCP -  Campus Barão do Amazonas (Relógio das Flores), em Petrópolis. Para outras informações ou inscrições acesse o site www.rioinfo.com.br/petropolis

Leia mais


STAY CONNECTED